¨Se eu pudesse deixar algum presente a você...
Deixaria para você,
se pudesse,
o respeito àquilo que é indispensável...
Além do pão, o trabalho.
Além do trabalho, a ação.
E, quando tudo mais faltasse, um segredo:
O de buscar no interior de si mesmo a resposta e a força para encontrar a saída.¨

Gandhi

Ganesha Gam Ganesha Gam Ganesha Gam...

Ganesha Gam Ganesha Gam Ganesha Gam...

ÔMMMMMMMMMMMMMM

ÔMMMMMMMMMMMMMM
Yoga é uma prática milenar, um caminho em direção a essência do ser, que nos ensina a reconhecer a experiência de existir plenamente, com boa saúde física, mental e espiritual, sempre em sintonia com a dança da vida.
São Paulo, S.P., Brazil
Marcynha talvez retrate melhor o meu metro e meio de altura. Fui Marcynha desde sempre, nas escolas onde estudei, na faculdade de enfermagem que não concluí, na faculdade de psicologia onde me formei (FMU - 1994), na especialização em Terapia Cognitiva Construtivista da UNIP em 95... Inquieta, sempre buscando novidades, querendo um algo mais... Em 1996 atrás de um novo caminho na psicologia encontrei o caminho do Yoga, um caminho muito além da psicologia, muito além da profissão, um caminho para experimentar a vida! Foi no Yoga que me re descobri, psicóloga por herança familiar e professora de Yoga (desde 1998) por uma escolha que veio do coração. Yam...Yam...Yam... Posso até dizer que meu sobrenome foi uma pista, em sua sonoridade, para que eu ouvisse meu coração. No Yoga encontrei o caminho que me inspira viver e compreender a experiência dessa existência humana.

Arquivos do blog

domingo, 27 de julho de 2014

Celebração, já! - Hector Othon


O céu está tenso, mas nós intensos.

Sacode o baixo astral, os lamentos, as vacilações; te liga no teu tesão, na bênção de estar vivo e vibrante...E faz o melhor que possas a favor do bem-comum e da celebração da vida.
Minha mãe, como boa sagitariana, uma vez quando tinha dias como estes me falou: “meu filho lindo não fica triste, em momentos como estes é que brilha nossa força e gosto pela vida. Toma um banho gostoso, no final com água fria, como se estivesse numa cachoeira, te veste com a roupa que gostes mais e inventa alguma coisa que traga alegria a teus amigos. A vida passa rápido e não temos tempo para lamentações. Tenho certeza que tem um monte de coisas boas e gostosas para fazer, vai nessa, agora”. E assim fiz, e nunca fui tão feliz, ainda o dia cinza e meus amigos arrasados, no baixo astral da caça as bruxas dos anos 80 em Cuba...
No fogo positivo da minha mãe, me reuni com meus amigos e os consegui contagiar com a alegria de viver e até hoje me lembro como conseguimos gozar a vida celebrando até do cinza brotar um arco iris de delicias e alegrias...
Sacode o baixo astral, encontra as pessoas que amas e celebra a vida!!! Isto o melhor que podemos fazer por nós e pelos amados e amadas perdidos na dor e nas desilusões!!!
Neste fim de semana nada de papos terapêuticos, intentos de entender ou explicar, a alternativa gozosa é celebrar...
Celebrar o quê?

Celebrar a bênção de existir e saber que temos o poder de tudo mudar, especialmente nosso astral e o astral de com quem estivermos juntos só de amar, beijar, abraçar, cantar, dançar...
Risadas, banho gostoso.
Ficar lindo.
E a celebrar...
Ainda que seja agradecendo só o fato de que conseguimos respirar e acreditar que a vida é milagre
e o milagre tudo pode mudar.
Estou sabendo que em São Paulo estão rolando um monte de atividades culturais, entre elas a estreia de Cacilda 5 no Teatro Oficina...Estou sabendo que cada um de nós com certeza tem amigos, familiares que vão se alegrar com tua visita alto astral. Estou sabendo que você, ainda na tua solidão, tem muita coisa para experimentar.
Sacode.
Balança.
Suspira.
E a celebrar... Que ainda o dia cinza, e os planetas em tensão, o Sol está junto a Júpiter para vencer qualquer negatividade, acender o teu tesão, teu entusiasmo e tua felicidade...
Solta a juba, e a celebrar!

Te amo